PATROCÍNIO

PATROCÍNIO

OS COBRAS

COBRAS é a franquia escolhida para representar o Brasil na Superliga Americana de Rugby (SLAR), principal torneio de clubes do continente sulamericano.

O nome COBRAS surge com a intenção de criar identificação entre a comunidade do rugby e a única franquia do país a disputar torneios internacionais.

Uma das inspirações é a antiga expressão “a cobra vai fumar”, cujo exagero fantasioso significa realizar algo inusitado e de grande valor. Para os atletas, que foram determinantes na escolha do nome, o ditado é um elemento motivador para todos surpreenderem e construírem uma bela história.

Outra referência forte para a marca é a diversidade ecológica e cultural brasileira. As cobras e serpentes figuram na mitologia como seres indomáveis com tamanho e força incomuns. Protagonizam o imaginário popular personagens como a anaconda, a cobra-grande e o Boitatá, imensa cobra-defogo da cultura tupi-guarani que defende a floresta dos malfeitores.

O SLAR

Engajados na missão de crescer o Rugby no continente, a World Rugby e a Sudamerica Rugby criaram a Superliga Americana de Rugby (SLAR), principal torneio de clubes do continente sul-americano.

A SLAR nasceu com o propósito de manter ativos os principais atletas sul-americanos, fazendo-os jogar e evoluir dentro de sua região. A iniciativa também faz com que mais crianças e jovens enxerguem o rugby como uma possibilidade tangível de viver do esporte e busca promover o rugby como uma linguagem universal, sem barreiras idiomáticas ou culturais.

A competição reúne franquias de seis países do continente: Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai em que todos jogam contra todos, em turno e returno e depois ocorrem as semifinais e finais.

A ideia é elevar ainda mais o nível competitivo e gerar aprendizado para todos os envolvidos.

1ª Edição do SLAR

A SLAR, nova liga profissional da América do Sul, teve sua temporada de estreia planejada para ter início em 2020 mas foi adiada para 2021 por conta da pandemia mundial.

O torneio, que foi criado com o intuito de elevar o nível do rugby das regiões participantes, conta com times de seis países, Jaguares XV da Argentina, Peñarol XV do Uruguai, Selknam do Chile, Olímpia Lions do Paraguai, Cafeteros Pro da Colômbia e é claro, os nossos Cobras Brasil XV.

A nossa equipe teve uma boa participação no torneio, que aconteceu em duas fases entre os meses de março até maio. Os Cobras fizeram um total de oito jogos, com três vitórias na primeira participação no torneio.

Destaque para a última partida, com um triunfo por um ponto de diferença contra
o chileno Selknam. O jogo reservou fortes emoções principalmente no segundo tempo e o placar de 21 a 20 foi definido no último minuto com o penal convertido pelo centro Moisés Duque.

A franquia brasileira voltou para casa com a quinta colocação na bagagem, que teve a equipe dos Jaguares XV como campeã da primeira edição.

notícias

Irko Hirashima fecha com CBRu e é novo patrocinador do Cobras Brasil XV. Companhia é especializada no segmento de assessoria contábil, auditoria e consultoria de empresas.

Cobras Brasil XV: a origem do nome. Para entender o porquê do nome da franquia brasileira na Superliga Americana de Rugby, é preciso retornar para a Segunda Grande Guerra

Identidade visual da franquia Cobras Brasil XV vence prêmio de design alemão Red Dot na categoria ‘Design de Marca e Comunicação 2021’.

Fotos

Tabela de Jogos

Etapa 1

Provisório

Etapa 2

Tabela de Jogos

Etapa 1

Provisório

Etapa 2